domingo, 1 de julho de 2012

Tubarão-branco em Sesimbra


O tubarão-branco já no porto de Sesimbra 

Um tubarão-branco fêmea com mais de 500 quilos e cerca de quatro metros foi apanhado anteontem 50 milhas (92,6 quilómetros) a oeste do cabo Espichel por pescadores de Sesimbra. 

O barco ‘Novo Imperador' estava a pescar peixe-espada preto quando o tubarão foi avistado. "Vimo-lo a comer peixe-espada. Com dois anzóis presos a arame de aço e a mais 50 metros de corda conseguimos apanhá-lo. Depois, arriámos o balão grande, ele lutou, mas aquilo obriga-o a vir ao de cima", contou ao CM Jorge Pereira, mestre da embarcação, acrescentando: "Isto é como ir à caça ao coelho e apanhar um javali."

Foram precisos os dez homens a bordo e duas horas de luta para conseguir vencer o animal. Este não é o primeiro tubarão que a tripulação do ‘Novo Imperador' pesca. "Acho que já apanhámos uns quatro, e um deles era um pouco maior do que este. Mas este peixe é medonho, uma pessoa até sente receio", disse o mestre.

O tubarão vai ser vendido amanhã na lota de Sesimbra. "Como não há lota em Sesimbra ao sábado, guardámos para vender amanhã. Há alguns anos, um tubarão parecido rendeu mil euros, este vamos ver quanto é que vale."

O tubarão-branco vive nas águas costeiras de todos os oceanos e é o maior peixe predador que existe, podendo atingir sete metros de comprimento e pesar até 2,7 toneladas.